CENTRO DE ABRIGO PARA ANIMAIS ABANDONADOS

Fabiana Eni de Oliveira

Resumo


O presente trabalho aborda o abandono de animais domésticos em centros
urbanos, demonstrando os problemas relacionados à saúde pública e ao desequilíbrio socioambiental, gerados em decorrência deste abandono. O estudo discorre sobre os conceitos de maus tratos e bem-estar animal, apoiados pela legislação nº 9.605/98 que os protege, a fim de aclarar sua importância, como seres dotados de direitos, que agregam benefícios psicológicos e sociais aos seres humanos. Considera a relação homem-animal ao longo da história, a partir do auxílio prestado pelos animais aos homens, através da caça e proteção física na era pré-histórica, culminando nas formas de convivência atuais, nas quais muitos são considerados não apenas animais domésticos, mas também membros familiares. Em alguns casos, quando os animais domésticos causam problemas, seus responsáveis optam por abandoná-los, deixandoos em condições desfavoráveis, resultando em consequências negativas para a
sociedade e para os próprios animais. A partir de uma abordagem exploratória e
qualitativa, objetivou analisar o abandono de animais em Ipanema MG, investigando a necessidade de implantação de um ambiente para acolhimento e tratamento destes animais. Como objetivo específico, buscou examinar estruturas de entidades voltadas ao cuidado de animais abandonados, a partir de estudos de caso. O levantamento da situação municipal se deu a partir de levantamentos fotográficos e análises in loco.
Percebeu-se que atualmente, cães e gatos vivem vulneráveis em Ipanema, resultando, dentre outros problemas, no comprometimento do tráfego de veículos e pedestres e do equilíbrio ambiental, sendo necessária a implantação de um abrigo para o correto tratamento destes animais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.