ERA VARGAS: IMAGEM, COMUNICAÇÃO E PODER (1930-1945)

Cristiane Aparecida Rodrigues

Resumo


Este trabalho propõe uma reflexão centrada na importância da atuação das formas de propagação e divulgação, para a construção da imagem e o exercício
do poder no período denominado “Era Vargas”. Para isso, investigamos o
posicionamento social antes e depois deste período, a forma de governo implantada e o modo de elaboração, condução e controle da mídia. Como metodologia, utilizamos para esta análise fontes bibliográficas, livros, artigo, análises de obras e teses de autores que relacionam com o tema, sendo realizadas as devidas leituras e selecionados os pontos de relevância para o artigo. Como resultado obteve que, o uso massivo da mídia como aparato de difusão de ideologias, acabou fazendo de sua atuação eficiente e eficaz frente as massas, levando a sua apropriação pelo poder oficial e a conclusão que se chegou é de que por meio dos meios midiáticos criam a imagem de um chefe supremo e seu governo, subsídios básicos para formulação de uma sociedade de acordo com o governo em vigência, atuando como uma nova instância do poder político.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.