PNEUMOTÓRAX ESPONTÂNEO SECUNDÁRIO À DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA: UM RELATO DE CASO

Ana Carolina Dondoni Fávero, Arthur Oliveira Pinheiro, Flávio Cunha de Faria, Juliana Caroline de Araújo, José Renato de Oliveira Campos Paiva, Elis de Oliveira Campos Paiva Mol

Resumo


O pneumotórax é definido como a presença de ar livre na cavidade pleural e é uma das principais complicações relacionadas à doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). O pneumotórax espontâneo acomete seis vezes mais homens do que mulheres, incidência estimada de oito acometimentos a cada 100.000 pessoas e a maioria das pessoas acometidas tem idade menor que 40 anos. O presente estudo relata o caso de um paciente que apresentou pneumotórax espontâneo secundário à DPOC. Após confirmado diagnóstico de colapso pulmonar, realizou-se uma drenagem torácica. O paciente apresentou boa evolução, recebendo alta no dia seguinte, sendo encaminhado para acompanhamento ambulatorial da doença de base. O objetivo deste estudo é promover a ampliação do conhecimento sobre este agravo respiratório frequente nos serviços médicos de Urgência e Emergência, atendo-se para as formas de se diagnosticá-lo e tratá-lo. O trabalho justifica-se pela importância do tema pneumotórax na área médica, uma vez que suas alterações respiratórias podem levar o indivíduo ao óbito.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE FILHO, L.; CAMPOS, J. R. M.; HADDAD, R. Pneumothorax. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 32, p. S212-216, 2006.

BAITELLO, A. L.; et al. Tratamento conservador de pneumotorax traumático em idoso. Arq. Ciênc. Saúde, v. 21, n. 2, p. 15-7, abr./jun. 2014.

BEYRUTI, R.; et al. A válvula de Heimlich no tratamento do pneumotórax. J. Pneumol. v. 28, n. 3, mai./jun. 2002.

GOMES, C. A. Pneumotórax. In: Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica. Tópicos de atualização em cirurgia torácica – livro virtual 01. 2015.

JÚNIOR, J.L.S.Pneumotórax em hospital geral: análise dos casos e condutas. Arquivos Catarinenses de Medicina, v. 36, n. 2, 2007.

MACHADO, D. C. et al. Diagnóstico radiológico da DPOC. Pulmão RJ, v. 22, n. 2, p. 45-49, 2013.

MEGA, A. C. C.; et al. Pneumotórax Hipertensivo na Sala de Recuperação Pós-Anestésica. Relato de Caso. Revista Brasileira de Anestesiologia. v. 54, n. 5, set./out. 2004.

MELO, R.; GONÇALVES, J. R. Pleurodese. Revista portuguesa de pneumologia, v. 10, n. 4, p. 305-317, 2004.

NIEWOEHNER, D.E. Doença pulmonar obstrutiva crônica In: GOLDMAN L, SCHAFER AI, Cecil Medicine, de Goldman. 24ª edição. Filadélfia: Elsevier Saunders. v.1, p.1844-1869, 2014.

PINTO FILHO, D. R.; et al. Tratamento cirúrgico do pneumotórax espontâneo primário no primeiro episódio. J. Pneumol. v. 27, n. 3, mai./jun. 2001.

SILVA JUNIOR, J. L.; et al. Pneumotórax em hospital geral: análise dos casos e condutas. Arquivos Catarinenses de Medicina. v. 36, n. 2, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.