APENDICITE AGUDA POR CORPO ESTRANHO: RELATO DE CASO

Lara Morello de Paulo, Vitor Lelis Caldeira Rocha, Lucas Almeida Moreira, Pedro Bernardo Veloso Fonseca, Raquel Sena Pontes Grapiuna, José Renato Dacache Balieiro

Resumo


A apendicite aguda é a principal causa de abdômen agudo, muito comum nas unidades de emergência. Pode ocorrer devido a várias etiologias, sendo rara por presença de corpos estranhos. O trabalho consiste em revisão bibliográfica sistemática associada a um estudo de caso de apendicite aguda por corpo estranho, analisando referenciais teóricos já publicados em meios escritos e eletrônicos publicados de 2002 a 2018. Esse estudo relata o caso de paciente admitida em unidade de pronto atendimento com dor abdominal após inserção de corpo estranho no abdômen. Admitida e tratada de maneira conservadora, evoluiu com dores abdominais fortes associadas a vômitos e febre, com exames laboratoriais alterados. Foi realizada laparotomia exploradora com retirada do corpo estranho que se encontrava em região apendicular. Evoluiu com melhora clínica e liberada para alta. Essa patologia se caracteriza por processo inflamatório grave que causa distensão do órgão, dor abdominal e outros sintomas, associados à achados clínicos característicos da doença. O diagnóstico é clínico e deve ser realizado de forma rápida para evitar possíveis complicações. Diagnóstico diferencial deve ser feito de outros tipos de abdômen agudo e de inflamações intestinais que podem mimetizar o quadro. O tratamento é cirúrgico e manejo do estado geral do paciente. A terapêutica realizada rapidamente melhora o prognóstico do paciente e reduz o risco de possíveis complicações.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.