PNEUMONIA EM CRIANÇA NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: USO DO PORTFÓLIO REFLEXIVO E REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

José Carlos Laurenti Arroyo, Jadilson Wagner Silva do Carmo

Resumo


A pneumonia é a causa relevante de mortalidade, uma das doenças de maior prevalência na infância e de internações em crianças menores de cinco anos de idade.  Diante disso, objetivou-se com este estudo levantar o número de produção científica de saúde nas bases de dados virtuais sobre hospitalização de pneumonia em crianças menores de cinco anos de idade e colaborar com a Atenção Primária a Saúde (APS) a fim de diminuir as complicações e hospitalizações por pneumonia. Trata-se de uma revisão bibliográfica de caráter descritivo, didático e as bases de dados pesquisadas: Google Acadêmico, LILACS e SCIELO. Foram estabelecidos os critérios de inclusão: artigos publicados no período de 2015 a 2019. Os critérios de exclusão seriam crianças maiores de cinco anos de idade e publicadas antes de 2015. Os artigos selecionados da literatura apontaram as principais causas de internações por Causas Sensíveis a Atenção Primária (CSAP) em criança foi a doença respiratória e com a maior incidência em pneumonia estava na faixa etária de menor de 1 ano de idade e sexo masculino o mais frequente para hospitalização. Então para colaborar com a Estratégia Saúde da Família (ESF) foi sugerida uma proposta de intervenção no setor da vacinação para reorganização do trabalho na sala de vacina e atualização dos conhecimentos dos profissionais para buscar a excelência no atendimento e tratamento eficiente.


Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, Samara & Costa, Fernanda & Vieira, Maria. (2017). Causas de hospitalização de crianças: uma revisão integrativa da realidade brasileira. Espaço para a Saúde - Revista de Saúde Pública do Paraná. 18. 129. 10.22421/1517-7130.2017v18n2p129.

CORREA, Ricardo de Amorim et al., 2018 recommendations for the management of community acquired pneumonia. J. bras. pneumol., São Paulo, v. 44, n. 5, p. 405-423, Oct. 2018. Available from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-37132018000500405&lng=en&nrm=iso. access on 07 Sept. 2019. http://dx.doi.org/10.1590/s1806-37562018000000130.

DEININGER, Layza de Souza Chaves et al. Internações por condições sensíveis à atenção primária: revisão integrativa. Rev. enferm. UFPE on line, p. 228-236, 2015.

DESTERRO, Raquel Castro et al. CONDIÇÕES SENSÍVEIS À ATENÇÃO PRIMÁRIA EM HOSPITAL DE REFERÊNCIA PEDIÁTRICA NO MARANHÃO/AMBULATORY CARE SENSITIVE CONDITIONS IN A PEDIATRIC REFERRAL HOSPITAL IN MARANHÃO. Revista de Pesquisa em Saúde, v. 18, n. 2, 2018.

DIAZ, Ruiz; MENNA, Bianca. Internações de crianças e de adolescentes por condições sensíveis à atenção primária em saúde, na rede pública de Porto Alegre/RS, no período de 2012 a 2014. 2016.

LOBO, Ianna Karolina Véras et al. Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária de Menores de um ano, de 2008 a 2014, no estado de São Paulo, Brasil. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 24, n. 9, p. 3213-3226, Sept. 2019. Available from . access on 16 Oct. 2019. Epub Sep 09, 2019. http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232018249.29932017.

PAMPONET, Marina Luna. O efeito do Programa de Saúde da Família nas internações hospitalares por pneumonia em crianças menores de cinco anos no Brasil. 2012. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/16325/1/DISSERTA%C3%87%C3%83O%20MARINA%20POMPONET.%202012.pdf. Acesso em: 01 set. 2019.

PINA, Juliana Coelho et al., Papel da Atenção Primária à Saúde na hospitalização de crianças por pneumonia: um estudo caso-controle. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 25, e2892, 2017. Available from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692017000100336&lng=en&nrm=iso. access on 02 Sept. 2019. Epub May 22, 2017. http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.1731.2892.

PINA, Juliana Coelho et al., Presença e extensão dos atributos da atenção primária à saúde entre crianças hospitalizadas por pneumonia. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 23, n. 3, p. 512-519, June 2015. Available from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692015000300512&lng=en&nrm=iso. access on 02 Sept. 2019. http://dx.doi.org/10.1590/0104-1169.0502.2582.

PREZOTTO, Kelly Holanda et al. Hospitalizações de crianças por condições evitáveis no Estado do Paraná: causas e tendência. Acta Paulista de Enfermagem, v. 30, n. 3, p. 254-261, 2017.

ROCHA, ROSANA. O Método da Problematização: Prevenção às Drogas na Escola e o Combate a Violência. (Programa de Desenvolvimento Educacional da Secretaria Estadual de Educação) – Universidade Estadual de Londrina. 2008.

SILVA, Débora Carla Chong e et al. Pneumonia adquirida na Comunidade na Infância. 2018. Disponível em: https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/Pneumologia_-_20981d-DC_-_Pneumonia_adquirida_na_comunidade-ok.pdf. Acesso em: 01 set. 2019.

SOUZA, Renata Olzon Dionysio de et al., Funcionalidade do apoio à família da criança com pneumonia. Rev. Gaúcha Enferm., Porto Alegre, v. 40, e20180118, 2019. Available from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472019000100405&lng=en&nrm=iso. access on 01 Sept. 2019. Epub Feb 18, 2019. http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2018.20180118.

PRADO, Marta Lenise do et al. Arco de Charles Maguerez: refletindo estratégias de metodologia ativa na formação de profissionais de saúde. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro, v. 16, n. 1, p. 172-177, Mar. 2012. Available from . access on 20 Oct. 2019. http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452012000100023.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.