MOBILIDADE ATIVA E PARQUE DE LAZER URBANO COMO ELEMENTOS DE LIGAÇÃO DE ÁREAS ESPRAIADAS: UM ESTUDO DE POTENCIAL DO DISTRITO DE VILANOVA/MANHUAÇU-MG

Henrique Junior Modesto

Resumo


Tendo em vista que um dos principais problemas do planejamento urbano da atualidade são os grandes números de vazios urbanos, muitas cidades crescem de forma desordenada contribuído para o espraiamento da malha urbana. A presente pesquisa tem por objetivo uma análise a mobilidade ativa do distrito de Vilanova à Realeza-MG, distrito de Manhuaçu-MG e identificar a utilização de parques urbanos como elementos de ligação de áreas espraiadas. Para tanto, foram realizadas visitas in loco, mapeamento e registro fotográfico das áreas públicas dos dois distritos em questão, foi aplicado questionário de opinião aos moradores locais, com intuito de avaliar a percepção dos usuários quanto à infraestrutura das áreas públicas dos distritos. A partir disso os dados foram analisados e quantificados e foi possível identificar que 52,7% dos entrevistados utilizam os espaços públicos do distrito de Vila Nova e 54,5% utilizam o trecho da BR 116 entre Vila Nova a Realeza-MG para a prática de atividades físicas e deslocamento a pé. Por meio desse levantamento é possível notar a necessidade de maior atenção a infraestrutura dos espaços públicos, e nota-se também a possibilidade de transformação dos vazios urbanos em parques de recreação e convívio social que funcionem como meio de ligação das áreas espraiadas como a área potencial compreendida entre os dois distritos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.