A DISNEYFICAÇÃO EM MANHUAÇU - MG: O CASTELO DO CAFÉ

Igor David Silva

Resumo


café é uma bebida que movimenta grande parte do comércio de commodities no país. A economia em Manhuaçu, MG é voltada para a produção, beneficiamento e exportação do grão. Logo, devido a esse fato, foi criado um circuito turístico na região e Manhuaçu se inseriu através da edificação que ficou conhecida como Castelo do Café. Porém, essa edificação possui arquitetura extravagante, anacrônica e controversa, sem referência histórica com a produção cafeeira regional e local e sim, criando um pastiche com os castelos medievais presentes na Europa. No turismo, esse fato recebe o nome de “disneyficação”. Com isso, o objetivo desse trabalho é realizar uma análise crítica do Castelo do Café enquanto um produto da “disneyficação”. Para isso, realizou-se estudos sobre turismo predatório e turismo sustentável, disneyficação e a arquitetura vernácula cafeeira. Em segundo momento, analisou-se o Castelo do Café e o comparou com uma fazenda cafeeira de Manhuaçu mostrando o quanto sua arquitetura diverge da arquitetura tradicional das fazendas da Região das Matas de Minas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.