HABITAÇÕES MÓVEIS E A REDUÇÃO DOS IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS JUNTO COM A LIBERDADE DO INDIVÍDUO

Marina Pinel Alves Costa

Resumo


Desde o surgimento da humanidade, o homem tem a necessidade de abrigar-se para se proteger e com o passar do tempo, as primeiras construções surgiram. O nomadismo, que antes era colocado em prática, dá espaço para as primeiras construções fixas e as primeiras cidades. Em consequência disso, áreas começaram a ser devastadas e houve aumento da extração de matérias primas para serem utilizadas nas construções estáticas. Depois de longos anos, essa matéria prima começou a ficar escassa e a necessidade da conscientização ambiental se tornou uma nova realidade. As cidades e as sociedades cresceram de modo desenfreado e junto com eles, a tecnologia. Todo esse crescimento fez com que o homem sentisse a necessidade de se desprender do caos urbano e ir em busca de sua liberdade, surgindo assim o nomadismo contemporâneo. As habitações móveis retomaram com conforto, tecnologia, sustentabilidade e flexibilidade. Este trabalho apresenta como é possível construir uma casa desta modalidade, mostrando os materiais, equipamentos e métodos que podem ser utilizados para a construção da mesma, de forma sustentável e econômica. Apresenta também o estudo de caso de um motorhome que mostra o seu funcionamento na vida real. Por fim, é possível observar que a casa móvel sob rodas é uma das soluções para diminuir os impactos ambientais, gerar mais independência e conforto ao indivíduo, além da economia e flexibilidade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.