A SAÚDE MENTAL DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE NO PERÍODO DA PANDEMIA DA COVID-19

Matheus Ferreira de Almeida

Resumo


A presente pesquisa teve como objetivo analisar os efeitos da pandemia
COVID-19 na saúde mental dos profissionais de saúde, corroborada por meio de
dados obtidos através de um questionário, aplicado aos profissionais atuantes na
cidade de Manhuaçu - MG. Trata-se de um estudo transversal com uma amostra de
58 profissionais de saúde e estudantes de medicina, no qual foi realizado por meio
de um questionário online pela plataforma digital Google Forms. Verificou-se que a
maioria dos entrevistados eram acadêmicos/estagiários (51,7%), com faixa etária
compreendida entra 20 e 30 anos e do sexo feminino. Sobre o local de atuação, o
Hospital césar Leite foi o mais prevalente, e dentre os profissionais de saúde
atuantes, mais da metade possuem dois empregos. Em relação a saúde mental,
considerando estresse/irritabilidade e crises de choro/ansiedade, uma porcentagem
significativa relatou ter vivenciado tais circunstancias em seu cotidiano após o início
da pandemia, sendo 82,8% e 79,3% respectivamente. Concluiu-se que a pandemia
trouxe um prejuízo psicológico, principalmente aos profissionais da linha de frente,
além de uma perda significativa na qualidade do sono e diversos outros aspectos
avaliados que reforçaram a hipótese levantada inicialmente.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.