EFICIÊNCIA DO ENDOGUIDE PARA TRATAMENTO DE CANAIS CALCIFICADOS

Kennedy de Paula Alves Albéfaro

Resumo


A calcificação pulpar é um dos fatores que tornam o tratamento endodôntico desafiador, sendo considerada um acometimento com alto grau de complexidade de tratamento. Nesse contexto, recentemente, modelos tridimensionais, como o Endoguide, foram introduzidos na Endodontia com resultados promissores para a realização de acessos guiados e localização do canal radicular calcificado. O Endoguide torna o tratamento endodôntico mais previsível e seguro em situações complexas, além de reduzir drasticamente o tempo de realização do procedimento, quando comparada às técnicas convencionais. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho foi demonstrar, por meio de uma revisão bibliográfica, a eficácia do Endoguide no tratamento de canais calcificados, uma vez que a busca por métodos mais rápidos e eficientes é uma necessidade constante na Endodontia. Para isso, foram realizadas buscas por artigos e livros nas plataformas Google Acadêmico, Scielo e PubMed, utilizando descritores e critérios de seleção para os trabalhos. A calcificação do canal pulpar é caracterizada pela deposição de tecido calcificado ao longo das paredes do canal, podendo ocorrer na polpa ou nos dentículos, com grau de obliteração total ou parcial, localizada ou generalizada. Geralmente não apresenta sintomas. Quanto à indicação do tratamento endodôntico, existem várias controvérsias na literatura, de forma que a grande maioria dos profissionais recomenda o tratamento apenas na presença de sintomas agudos ou lesões periapicais. O Endoguide ou endodontia guiada, foi criado a partir da associação entre a tomografia computadorizada de feixe cônico, o escaneamento digital, brocas previamente projetadas, modelos acrílicos confeccionados em impressora 3D e o tratamento Endodôntico, permitindo a fabricação de guias de acesso e o acesso planejado e orientado às raízes calcificadas. Diversos estudos recentes na literatura científica relatam o uso do Endoguide através de calcificações radiculares com resultados favoráveis e previsíveis, com a possibilidade de um tratamento endodôntico mais eficiente, rápido e com menor risco de perfurações radiculares. Portanto, o Endoguide deve ser considerado durante o planejamento do tratamento para canais calcificados, a fim de aumentar a taxa de sucesso e minimizar o estresse clínico para o paciente e para o profissional. Além disso, essa técnica pode ser utilizada por qualquer Cirurgião-dentista que deseje praticar endodontia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.